SPED Brasil

Rede Virtual de troca de informações sobre o SPED

O cst que vem na NF-e é o que corresponde ao cst icms? Devo colocar o mesmo ao dar entrada na nota na empresa?

Exibições: 366

Responder esta

Respostas a este tópico

Bom dia Layze!

Nem sempre será utilizado na sua entrada o CST que o seu fornecedor utilizou as informação devem ser escrituradas com o enfoque do declarante portanto deve ficar atenda a isso.

Bom dia layze, sim você de usar a mesma CST que esta no documento fiscal. Porem na saida do produto dependendo da Natureza da operação a CST pode sofrer alterações:

Ex:

um produto tributado é vendido com a CST 000 (tributado integralmente) na venda para fora do Estado e este mesmo produto pode ter um beneficio fiscal para dentro do estado onde o mesmo é diferido CST 051(Diferimento). São regras que tem que ser observadas no produto e destino da mercadoria. Este é apenas um exemplo, existem varios outros e depende do Estado, pois cada um tem particularidades na legislação Vigente. 

Tem que ter atenção tambem nas entradas observe os eguinte exemplo:

A empresa compra um produto da industria  onde a industria é a resposavel pelo recolhimento do ICMS ST, então na NF de saida da Industria foi utilizado o CST 010 ou 030, no caso da escrituração da NF de entrada pela empresa ela deve utilizar o CST 060.

Nem sempre será utilizado o mesmo CST do Documento Fiscal.


Eu trabalho em restaurante, a saída dos produtos e direto para o consumidor final.

No caso de refrigerantes por exemplo, que vem com cst 10, ao dar entrada na empresa devo usar o cst 60.Certo?

Exatamente, como o ICMS ja foi recolhido anteriormente por ST deve utilizar na sua operação o CST 60, mesma situação do exemplo que citei acima.

Obrigada.

Responder à discussão

RSS