SPED Brasil

Rede Virtual de troca de informações sobre o SPED

Boa tarde

 

Alguém poderia me dizer qual o CST PIS/COFINS eu coloco na nota fiscal de devolução de compra pois o validador do SPED PIS/COFINS não aceita CST 01,04 e 06.

Exibições: 8604

Responder esta

Respostas a este tópico

Fabiana,

 

Sugiro uma boa lida no guia prático, esta informação está na página 65, segue a orientação:

 

A nota fiscal de entrada da mercadoria retornada, emitida pela própria pessoa jurídica, pode ser relacionada nos registrosconsolidados C190 e filhos (Operações de aquisição com direito a crédito, e operações de devolução de compras evendas) ou nos registros individualizados C100 e filhos, somente para fins de maior transparência da apuração, visto nãoconfigurar hipótese legal de creditamento de PIS/COFINS. Neste caso, utilize o CST 98 ou 99.

 

Este é o motivo que vc não consegue colocar estes CSTs, a NF é sem crédito, porque não existe previsão legal, vc terá que apropriar o crédito na apuração.

 

 

 

 

abraços

 

37.    Como informar uma devolução de compra na EFD PIS/COFINS?

Os valores relativos às devoluções de compras, referentes a operações de aquisição com crédito da não cumulatividade, devem ser escriturados pela pessoa jurídica, no mês da devolução, e os valores dos créditos correspondentes a serem anulados/estornados, devem ser informados preferencialmente mediante ajuste na base de cálculo da compra dos referidos bens, seja nos registros C100/C170 (informação individualizada), seja nos registros C190 e filhos (informação consolidada).

Caso não seja possível proceder estes ajustes diretamente no bloco C, a pessoa jurídica poderá proceder aos ajustes diretamente no bloco M, nos respectivos campos (campo 10 dos registros M100 e M500) e o detalhamento nos registros de ajustes de crédito (M110 e M510). Neste último caso, deverá utilizar o campo “NUM_DOC” e “DESCR_AJ” para relacionar as notas fiscais de devolução, como ajuste de redução de crédito.

Por se referir a uma operação de saída, a devolução de compra deve ser escriturada com o CST 49. O valor da devolução deverá ser ajustado nas notas fiscais de compra ou, se não for possível, diretamente no bloco M. Neste último caso, deverá utilizar o campo de número do documento e descrição do ajuste para relacionar as notas fiscais de devolução

Fabiana, Campos e Paula, boa tarde!

Quando informamos o CST 49 no XML a SEFAZ não aceita o arquivo, alguém já realizou este teste com a NF-e?

 

Abraços,

Eduardo Hipólito.

 

Bom dia !!

 

 Por gentileza alguém sabe qual CST devo utilizar nas notas fiscais(saídas) de devolução onde minha empresa esta devolvendo a mercadoria para o fornecedor. Sei que deverá ser CST do 50 ao 99, mas em palestras que participei foi dito para não usar o CST 98 e 99. E acredito que seria o 99.

 

abraços,

  

I - de Vendas Canceladas, Retorno de Mercadorias e Devolução de Vendas.
A operação de retorno de produtos ao estabelecimento emissor da nota fiscal, conforme previsão existente no RIPI/2010
(art. 234 do Decreto Nº 7.212, de 2010) e no Convênio SINIEF SN, de 1970 (Capítulo VI, Seção II – Da Nota Fiscal),
para fins de escrituração de PIS/COFINS deve receber o tratamento de cancelamento de venda (não integrando a base de
cálculo das contribuições nem dos créditos).
Registre-se que a venda cancelada é hipótese de exclusão da base de cálculo da contribuição (em C170, no caso de
escrituração individualizada por documento fiscal ou em C181 (PIS/Pasep) e C185 (Cofins)), tanto no regime de
incidência cumulativo como no não cumulativo.
A nota fiscal de entrada da mercadoria retornada, emitida pela própria pessoa jurídica, pode ser relacionada nos registros
consolidados C190 e filhos (Operações de aquisição com direito a crédito, e operações de devolução de compras e
vendas) ou nos registros individualizados C100 e filhos, somente para fins de maior transparência da apuração, visto não
configurar hipótese legal de creditamento de PIS/COFINS. Neste caso, utilize o CST 98 ou 99.

 

O VALOR DO CST PIS/COFINS  DA DEVOLUÇÃO SE DEVIDO :  É LANÇADO COMO AJUSTE  , DESCRIMINAR O MOTIVO

BEM JA FIS E O SISTEMA ACEITOU O 99 PARA DEVOLUÇÃO PARA FORNECEDOR, MAS PARA A DEVOLUÇÃO PARA SEU PROPRIO SISTEMA COM CFOP 1202 O 99 NAO ESTOU CONSEGUINDO!!!!!!!!!!1

Responder à discussão

RSS