SPED Brasil

Rede Virtual de troca de informações sobre o SPED

Empresa optante pelo simples nacional efetua operações de devolução de mercadoria em garantia (cfop 5411) através da nota fiscal eletronica e necessita devolver os creditos que recebeu de ipi e de substituição tributária. Porém o emissor gratuito de nota fiscal eletronica não a permite de acordo com a legislação colocar os creditos nos campos da nota fiscal (uma vez optante pelo simples nacional) efetua então a informação do credito nos dados adicionais do documento fiscal ( exemplo: empresa optante pelo simples nacional - devolução ref nf 00146 para credito do destinatário: bc icms: 5593,41 valor do icms 67,13. Base de calculo ipi 559,41 valor do ipi 111,88, base de calculo st 988,54 valor da st 110,81) as mercadorias tem o valor de 559,41 logo a nota fiscal teria o valor de 559,41+111,88 (ipi) + 110,81 (st) = 782,10. Como o sistema não permite o destaque desse valor na nota fiscal o valor da nota fiscal conta como apenas o valor das mercadorias. É correto colocar o valor so ipi e da st apenas para somar na nota fiscal no campo de outras despesas? Ou qual outro procedimento seria corrreto para tal situação?

Exibições: 2558

Responder esta

Respostas a este tópico

você vai lançar o valor das mercadorias R$ 782,10 e valor total R$ 782,10 e os impostos que deria sair nos campo correto colocar em observação para que o seu fornecedor possa aproveitar o crédito de volta

Responder à discussão

RSS