SPED Brasil

Rede Virtual de troca de informações sobre o SPED

Srs. (as)............gostaria de colocar um exemplo:

 

Na entrada de uma nota fiscal modelo 55 ( NF-e ) emitida no mes de Julho (07) cujo em sua apresentação no arquivo EFD conste o registro C114 ( Cupom Fiscal Referenciado ) emitidos no mes de Junho (06), deverá ter sua entrada como "Regular Extemporâneo" devido ao seu fato gerador no mes passado ??.

Exibições: 516

Responder esta

Respostas a este tópico

Se estou entendendo o problema, voce emitiu um cupom em Junho e escriturou normal e depois emitiu no mes seguinte um nota para esse cupom, e esse o problema, e essa nota foi emitida com qual CFOP ...
acredito que a nota nao vai ter problema, mais cupom nao tem EXTEMPORANEIO ... voce vai informar a data desse cupom no registro C114, como vai ficar essa data .
Na realidade, não escritura o cupom, posso contabilizar com extrato de despesa, porem não escriturar,,,,,,,,,,,,estou escriturando a nota fiscal, que tem referenciação dos cupons cobrados,,,porem são cupons de junho e a nota emitida em Julho

Sergio Medeiros de Sousa disse:
Se estou entendendo o problema, voce emitiu um cupom em Junho e escriturou normal e depois emitiu no mes seguinte um nota para esse cupom, e esse o problema, e essa nota foi emitida com qual CFOP ...
acredito que a nota nao vai ter problema, mais cupom nao tem EXTEMPORANEIO ... voce vai informar a data desse cupom no registro C114, como vai ficar essa data .
Voce pode contabilizar e escriturar tambem pode ..., o problema e so data da emissao do cupom ...
Você falou em despesa?

Quer dizer que a nota é de entrada?

Para entrada vale a data que deu entrada a mercadoria, Cupons Fiscais de fornecedores não são considerados na escrituração.


Cezar Augusto Moraes Ferreira disse:
Na realidade, não escritura o cupom, posso contabilizar com extrato de despesa, porem não escriturar,,,,,,,,,,,,estou escriturando a nota fiscal, que tem referenciação dos cupons cobrados,,,porem são cupons de junho e a nota emitida em Julho

Sergio Medeiros de Sousa disse:
Se estou entendendo o problema, voce emitiu um cupom em Junho e escriturou normal e depois emitiu no mes seguinte um nota para esse cupom, e esse o problema, e essa nota foi emitida com qual CFOP ...
acredito que a nota nao vai ter problema, mais cupom nao tem EXTEMPORANEIO ... voce vai informar a data desse cupom no registro C114, como vai ficar essa data .
Ok Sidney, é justamente essa minha duvida, Cupom fiscal não entra na escrituração....entrarei com a nota fiscal,,,,,vamos exemplificar,,,,,NF do mes 07,,,,,,porem vai estar referenciado os cupons fiscais....cupons do mes 06.......então estou escriturando uma nota no mes 07 que teve seu fato gerador no mes 06....não seria Extemporaneo ?

Sidney Costa disse:
Você falou em despesa?

Quer dizer que a nota é de entrada?

Para entrada vale a data que deu entrada a mercadoria, Cupons Fiscais de fornecedores não são considerados na escrituração.


Cezar Augusto Moraes Ferreira disse:
Na realidade, não escritura o cupom, posso contabilizar com extrato de despesa, porem não escriturar,,,,,,,,,,,,estou escriturando a nota fiscal, que tem referenciação dos cupons cobrados,,,porem são cupons de junho e a nota emitida em Julho

Sergio Medeiros de Sousa disse:
Se estou entendendo o problema, voce emitiu um cupom em Junho e escriturou normal e depois emitiu no mes seguinte um nota para esse cupom, e esse o problema, e essa nota foi emitida com qual CFOP ...
acredito que a nota nao vai ter problema, mais cupom nao tem EXTEMPORANEIO ... voce vai informar a data desse cupom no registro C114, como vai ficar essa data .
descupla a confusao, nao tinha atentado para o inicio do questionamento "Na entrada de uma nota fiscal"
O que vale é da data da Nota Fiscal, no caso mês 07, por isto não é Extemporâneo.

O fornecedor deveria de ter emitido a Nota no mesmo dia do Cupom, como isto não foi feito vale a data da nota fiscal. A entrada da mercadoria deve ser acobertada pela respectiva NF, já que não pode dar entrada com um simples cupom fiscal, que foi feito apenas para consumidor final.

A data que foi emitido o Cupom não importa, para a entrada de sua mercadoria.
Cezar,

Uma vez fiz uma consulta sobre o registro C114 em notas de entrada de terceiros e a RFB respondeu que esse registro só deve ser informado em notas de emissão própria.

Sei que outras pessoas já confirmaram essa consulta em mais de uma SEFAZ.

No caso essa sua nota de entrada de terceiros não deveria ter C114 associado.
Segundo consta no Guia Prático, Este registro C114 será utilizado para informar, detalhadamente, nas operações de saídas, cupons fiscais que tenham sido mencionados nas informações complementares do documento que está sendo escriturado no registro C100. Nas operações de entradas, somente informar quando o emitente do cupom fiscal for o próprio informante do arquivo.

Dessa forma, entendo que essa nota citada pelo Cezar não deverá gerar o C114, pois o CF foi emitido por terceiro.

Claudiney Morais disse:
Cezar,

Uma vez fiz uma consulta sobre o registro C114 em notas de entrada de terceiros e a RFB respondeu que esse registro só deve ser informado em notas de emissão própria.

Sei que outras pessoas já confirmaram essa consulta em mais de uma SEFAZ.

No caso essa sua nota de entrada de terceiros não deveria ter C114 associado.
Segundo layout,,,o registro é OC para entrada e saída em perfil A e B.

Claudiney Morais disse:
Cezar,

Uma vez fiz uma consulta sobre o registro C114 em notas de entrada de terceiros e a RFB respondeu que esse registro só deve ser informado em notas de emissão própria.

Sei que outras pessoas já confirmaram essa consulta em mais de uma SEFAZ.

No caso essa sua nota de entrada de terceiros não deveria ter C114 associado.
Realmente existe esta observação no C114 nas entradas que é minha preocupação,,,,sabe me dizer quando poderia ocorrer uma entrada C110 com cupom referenciado no C114 onde o emitente seja o próprio informante ?,,,,,,,,,,,entendi que seria uma nota própria emitida para entrada,,,até ai tudo tranquilo, mais como com cupom fiscal referenciado?

Moises Azevedo disse:
Segundo consta no Guia Prático, Este registro C114 será utilizado para informar, detalhadamente, nas operações de saídas, cupons fiscais que tenham sido mencionados nas informações complementares do documento que está sendo escriturado no registro C100. Nas operações de entradas, somente informar quando o emitente do cupom fiscal for o próprio informante do arquivo.

Dessa forma, entendo que essa nota citada pelo Cezar não deverá gerar o C114, pois o CF foi emitido por terceiro.

Claudiney Morais disse:
Cezar,

Uma vez fiz uma consulta sobre o registro C114 em notas de entrada de terceiros e a RFB respondeu que esse registro só deve ser informado em notas de emissão própria.

Sei que outras pessoas já confirmaram essa consulta em mais de uma SEFAZ.

No caso essa sua nota de entrada de terceiros não deveria ter C114 associado.
Quando a venda tiver sido feita via cupom fiscal e posteriormente o consumidor devolver.

Responder à discussão

RSS