SPED Brasil

Rede Virtual de troca de informações sobre o SPED

Empresa do lucro real precisa emitir nfe de crédito de ICMS de ativo permanente, versão do programa 2.0 o correto é preencher o crédito na parte do ICMS mais de acordo com meu cliente o valor vai para o valor total da nfe.
Oq devo fazer para este valor ir somente na base do ICMS?
O programador informou que com essa nova versão não tem como, é correto isso? Porque se for a NFE está emitida errada. Pois não pode sair no valor total da NFE.
 
Obrigada!!!

Exibições: 3443

Responder esta

Respostas a este tópico

Boa tarde Juliana

Na versão 1.10 do XML era perfeitamente possível essa operação. Quando mudamos para a versão 2.0 do XML a NF-e de crédito do CIAP não passou mais, pois era barrada nas regras de validação do WebService. Foi publicado ontém a nota técnica 2010.007 (http://www.nfe.fazenda.gov.br/PORTAL/notatec.aspx) onde foi modificado algumas validações da NF-e. Ainda não testei com esta nova regra, mas as NF-e de CIAP entre Julho e Setembro/2010, somente funcionou informando os valores nas observações da NF-e. Nenhuma forma de cálculo pelo item, como era normalmente feita anteriormente funcionou.

[]s

Renato


Renato Antonacci disse:
Boa tarde Juliana

Na versão 1.10 do XML era perfeitamente possível essa operação. Quando mudamos para a versão 2.0 do XML a NF-e de crédito do CIAP não passou mais, pois era barrada nas regras de validação do WebService. Foi publicado ontém a nota técnica 2010.007 (http://www.nfe.fazenda.gov.br/PORTAL/notatec.aspx) onde foi modificado algumas validações da NF-e. Ainda não testei com esta nova regra, mas as NF-e de CIAP entre Julho e Setembro/2010, somente funcionou informando os valores nas observações da NF-e. Nenhuma forma de cálculo pelo item, como era normalmente feita anteriormente funcionou.

[]s

Renato

A versão 1.10 não pode mais ser usada? Ouvi um boato que essa versão 2.0 só entraria em vigor a partir de janeiro/2011 está certa esta informação?

Obrigada!!!
Sim Juliana

A obrigatoriedade da versão 2.0 é para Jan/2011. Até 31/12/2010 é aceita a versão 1.10 do XML. Aqui antecipamos a obrigatoriedade e já usamos a versão 2.0 desde Julho/2010

[]

Renato



Juliana disse:


Renato Antonacci disse:
Boa tarde Juliana

Na versão 1.10 do XML era perfeitamente possível essa operação. Quando mudamos para a versão 2.0 do XML a NF-e de crédito do CIAP não passou mais, pois era barrada nas regras de validação do WebService. Foi publicado ontém a nota técnica 2010.007 (http://www.nfe.fazenda.gov.br/PORTAL/notatec.aspx) onde foi modificado algumas validações da NF-e. Ainda não testei com esta nova regra, mas as NF-e de CIAP entre Julho e Setembro/2010, somente funcionou informando os valores nas observações da NF-e. Nenhuma forma de cálculo pelo item, como era normalmente feita anteriormente funcionou.

[]s

Renato

A versão 1.10 não pode mais ser usada? Ouvi um boato que essa versão 2.0 só entraria em vigor a partir de janeiro/2011 está certa esta informação?

Obrigada!!!


Renato Antonacci disse:
Sim Juliana

A obrigatoriedade da versão 2.0 é para Jan/2011. Até 31/12/2010 é aceita a versão 1.10 do XML. Aqui antecipamos a obrigatoriedade e já usamos a versão 2.0 desde Julho/2010

[]

Renato



Juliana disse:


Renato Antonacci disse:
Boa tarde Juliana

Na versão 1.10 do XML era perfeitamente possível essa operação. Quando mudamos para a versão 2.0 do XML a NF-e de crédito do CIAP não passou mais, pois era barrada nas regras de validação do WebService. Foi publicado ontém a nota técnica 2010.007 (http://www.nfe.fazenda.gov.br/PORTAL/notatec.aspx) onde foi modificado algumas validações da NF-e. Ainda não testei com esta nova regra, mas as NF-e de CIAP entre Julho e Setembro/2010, somente funcionou informando os valores nas observações da NF-e. Nenhuma forma de cálculo pelo item, como era normalmente feita anteriormente funcionou.

[]s

Renato

A versão 1.10 não pode mais ser usada? Ouvi um boato que essa versão 2.0 só entraria em vigor a partir de janeiro/2011 está certa esta informação?

Obrigada!!!


Boa TArde Amigos,


Alguma noticia de como lançar o credito do Ativo na versão 2.0??
Srs.,

Apesar de muitos tentar explicar, ainda estou com problemas também na emissão da NF do credito do ICMS de ativo....
Alguem pode ajudar o que diz sobre a Lei ???
POis trabalho em uma empresa de informatica e estamos com dificuldades para resolver este problema de como emitir esta nota . Se alguem ja tiver essa experiencia nos auxilie por favor ?
Notas Fiscais de crédito relativo à compra de bem para o ativo permanente.



1. Dados do Produto.


1.1. Código do Produto – utilizar o código do CFOP.

Ex.: CFOP=1604, Código do produto = ‘CFOP1604’.


Descrição do produto – preencher com “Ativo permanente - ICMS a ser apropriado”.


1.2. NCM – 99999999.


1.3. Código de Situação Tributária = 090.


1.4. Valor unitário = 0.


1.5. Valor total = 0.


1.6. BC ICMS = Valor do crédito a apropriar.

Obs.: campo será preenchido somente para permitir a validação da NF-e.


1.7. Valor do ICMS = Valor do crédito a apropriar.


1.8. Alíquota ICMS = 100.

Obs.: campo será preenchido somente para permitir a validação da NF-e.



2. Cálculo do Imposto.


2.1. Base de Cálculo = Valor do crédito a apropriar.


2.2. Valor do ICMS = Valor do crédito a apropriar.


2.3. Valor Total dos Produtos = 0.


2.4. Valor total da Nota Fiscal = 0.



3. Transportador.


3.1. Frete por conta = 0.


4. Dados Adicionais.


4.1. Informações Adicionais de interesse do Fisco – preencher de acordo com o regulamento.



B.H. – 07/03/2008.


Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais.

SAIF/DINF/DCA
Bom dia, amigos

Tive muito problema em emitir o danfe de credito de ICMS de ativo imobilizado, mas consegui conforme a legislação. Para ter a validação tivemos que modificar a TES (tipo de entrada e saída), onde devemos calcular o ICMS e no ajusta CIAP deve estar sim. Não se vai ajudar vocês. Mas tem como sim.

Abraços....

Bom Dia,

 

Não estamos conseguindo nesta nova versão emitir a NFE, a rejeição é de que a o valor não confere com a base e a alíquota, alguém está tendo este problema também? Alguém sabe como resolver?

 

Obrigada desde já,

 

Maria Claudia

Maria Claudia, bom dia

Tive este mesmo problema. não conheço o seu sistema, mas ela tem que ser emitida para o sefaz como nota de ajuste. Se você utiliza TES, você precisa mudar os campos ajuste CIAP para sim e livro CIAP sim. Dete modo eu consegui emitir.

Grato.

Olá Alex, eu já desconfiava do motivo ser a nota como Ajuste, pedi para o programador corrigir isso e vamos ver o que acontece.

 

Obrigada!

Bom dia,

Emiti uma nota de crédito de CIAP com ICMS a maior, como fazer para corrigir ? Estornar o crédito e lançar a menos na próxima nota ?

Responder à discussão

RSS