SPED Brasil

Rede Virtual de troca de informações sobre o SPED

Prezados.

Um cliente nosso tem sede em Macaé-RJ e é emitente de NFS-e. A partir deste mês, maio de 2010, ele tornou-se obrigado a repassar o SPED Fiscal.

Ao consultar o fórum, identifiquei a não exigibilidade de gerar registros para as notas de serviços de entrada, porém fica uma dúvida quanto às NFs de serviços de saída.

Devo gerar os registros devidos para as notas de serviços de saídas?

Se sim, como classificá-las no SPED, já que não há um código de modelo específico para NFS-e?

Grato!


Exibições: 213

Responder esta

Respostas a este tópico

O SPED Fiscal só trabalha com modelos de documentos fiscais estaduais, definidos Subscção 6.4, página 153 do Guia Prático.

NFS-e é um documento exclusivamente municipal, não entra no SPED.

Nenhum modelo de documento de validade exclusivamente municipal, entra no SPED Fiscal, nem no SINTEGRA.

Responder à discussão

RSS