SPED Brasil

Rede Virtual de troca de informações sobre o SPED

Olá, gostaria de saber se é preciso lançar as notas fiscais de entrada 00, quando a empresa recebe de outra que também emite notas de saída NFE, e nos casos daquelas que não emite NFE de saída o que fazer? Já busquei informações na receita de meu estado e no suporte NFE da receita federal, mas ninguém soube me responder essa pergunta.

Será que aqui alguém poderia me informar.

Aguardo resposta e desde já fico grata.

Exibições: 2311

Responder esta

Respostas a este tópico

Legiane,

Caso deseje saber se a NFe emitida por terceiros deve ser informada na EFD, a resposta é SIM.

Toda Nfe emitida ou recebida deve ser informada em sua escrituração (registro C100).

Guia Prático página 25:

“..Este registro deve ser gerado para cada documento fiscal código 01, 1B, 04 e 55, conforme item 4.1.1 do Ato COTEPE/ICMS nº 09, de 18 de abril de 2008, registrando a entrada ou saída de produtos ou outras situações que envolvam a emissão dos documentos fiscais mencionados.....”

 

É dispensada a informação dos itens do documento (registro tipo C170) emitido pelo próprio informante do arquivo.

Guia Prático página 25:

“Exceção 2: Notas Fiscais Eletrônicas - NF-e de emissão própria: neste caso, devem ser apresentados somente os registros C100 e C190, e, se existirem ajustes de documento fiscais determinados por legislação estadual (tabela 5.3 do Ato COTEPE ICMS 09/08), devem ser apresentados também os registros C195 e C197;

Além disto, se o fornecedor já emite a nota fiscal seja eletrônica (55), Modelo 1 ou de produtor (040, não é necessário a emissão de outra nota fiscal para dar a entrada.
Deixa eu ver se entedi, então, em resumo vocês querem me dizer que o cliente que utilizar o programa não deve emitir pelo programa NFE Emissor de Nota Fiscal Eletrônica as notas de entrada, porem somente quando o contador tiver de fazer a escrituração fiscal pelo EFD  é que serão lançadas as notas de entrada 00. É isso mesmo? Aguardo resposta.

Leigiane, boa tarde!

 

Todas as nf´s de entradas (eletrônicas ou não) devem ser lançadas em seu sistema (livro fiscal), que irá consequentemente , ser traduzido em EFD.

As nf´s de entradas irão gerar Registros C100, C170, C190, entre outros.

Dê uma olhada no Guia Prático do Sped Fiscal no site da Receita Federal: http://www1.receita.fazenda.gov.br/sped-fiscal/download.htm

 

 

Então posso resumir que o Programa NFe Emissor de Nota Fiscal Eletrônica só terá a função de emitir notas de saída é isso mesmo? Quando falo no Nfe  me refiro ao programa de emissão de notas, que é utilizado pelas empresas.

Não, caso vc receba nota de produtor que não seja eletrônica, vc continuará emitindo NF-e de entrada, alé é claro de notas de devolução no caso quando quem está devolvendo não é obrigado a emitir nota.

Abraços

Responder à discussão

RSS