SPED Brasil

Rede Virtual de troca de informações sobre o SPED

SPED EFD CONTRIBUIÇÕES BLOCO F para atividades Imobiliaria do Lucro Presumido.

Bom dia Meus Amigos,

Para as Empresas do ramo de Imobiliaria do Lucro presumido, as receitas vão ser declaradas no Bloco F200 suas receitas. as outras receitas ( Receitas Financeiras )
vão ser declaradas em que Bloco?

Minha Duvida é no ato de Compra de Um imovel ( Terreno, Casa, Fazenda... )para revenda. Tem que Ser declarado no SPED Contribuições? se for Declarado em qual Bloco faço esta operação?

Ficarei Muito Grato.

Exibições: 2900

Responder esta

Respostas a este tópico

Bom dia Allan!

As receitas financeiras devem ser escrituradas no registro F100.
No caso de empresa Lucro Presumido não tem a necessidade de informar as entradas pois não dão direito a crédito.

Muito obrigado Amigo
No caso aconteça uma devolução de venda!! em qual bloco devo informar esta informação??

esta acontecendo uma caso deste com migo??

a empresa do lucro presumido com atividade do ramo de imobiliaria.

A devolução de venda  tributada, por pessoa  jurídica sujeita ao  regime cumulativo deverá obedecer os mesmos critérios,ou  seja,  de  exclusão  da  base  de  cálculo,  devendo  proceder  aos  ajustes  diretamente  nos  registros  consolidados C180  e filhos ou no registro C100 e filhos. Mesmo não gerando direito a crédito, a nota fiscal de devolução pode ser informada nos registros consolidados C190 e filhos, ou C100 e filhos, para fins de  transparência na apuração. Nesse caso, deve ser informado o CST 99, visto que a devolução de venda no regime cumulativo não gera crédito.

Caso  não  seja  possível  proceder  estes  ajustes  diretamente  no  bloco  C,  a  pessoa  jurídica  deverá  proceder  aos  ajustes diretamente no bloco M, nos respectivos campos e registros de ajustes de redução de contribuição (M220 e M620). Neste caso,  deverá  utilizar  o  campo  “NUM_DOC”  e  “DESCR_AJ”  para  relacionar  as  notas  fiscais de devolução de vendas,como ajuste de redução da contribuição cumulativa.



Gleidson Tomé disse:

A devolução de venda  tributada, por pessoa  jurídica sujeita ao  regime cumulativo deverá obedecer os mesmos critérios,ou  seja,  de  exclusão  da  base  de  cálculo,  devendo  proceder  aos  ajustes  diretamente  nos  registros  consolidados C180  e filhos ou no registro C100 e filhos. Mesmo não gerando direito a crédito, a nota fiscal de devolução pode ser informada nos registros consolidados C190 e filhos, ou C100 e filhos, para fins de  transparência na apuração. Nesse caso, deve ser informado o CST 99, visto que a devolução de venda no regime cumulativo não gera crédito.

Caso  não  seja  possível  proceder  estes  ajustes  diretamente  no  bloco  C,  a  pessoa  jurídica  deverá  proceder  aos  ajustes diretamente no bloco M, nos respectivos campos e registros de ajustes de redução de contribuição (M220 e M620). Neste caso,  deverá  utilizar  o  campo  “NUM_DOC”  e  “DESCR_AJ”  para  relacionar  as  notas  fiscais de devolução de vendas,como ajuste de redução da contribuição cumulativa.

Mais a empresa imobiliaria não emite NF-e para venda de Lotes, apartamento, casa ... e sim o contrato de venda. não sei onde declarar esta informação de devolução de venda de Lotes, apartamento, casa... no sped Contribuições. nesse caso de venda de Imoveis e mais Complicado.

Bom dia,

Uma empresa no Ramo de Atividade Imobilíarias com Incorporação, que se encontra no Regime de Tributação do Lucro Presumido - Regime de Caixa, que possui apenas Receitas proveniente de parcelas recebidas de seus clientes, fruto de venda de unidades imobiliárias.  Minha dúvida é, por ela não emitir documento de receita (que seriam os recibos) pois os valores normalmente entram via depósito em sua conta bancária, se faz a obrigação de informar no Efd Contribuições os Registros F500, F510 e F525 ? Se faz necessário informar o Registro 1900 em Complemento da Escrituração ?

Grato.


 Meu Amigo Jair,

Campo 08 – Preenchimento:

Informar neste campo a quantidade de documentos emitidos, correspondente ao modelo

informado no campo “03”. Não precisa ser informado casas decimais, na escrituração deste campo.

 

Quando o autor de Guia para fala em Documentos emitdos esta falando do boleto enviado por a sua empresa ou pelo Banco de Cobrança, isso serve como documento. Ai é que esta se foi recebido a parcela ou não? eu estou fazendo da seguinte maneira, tenho um planilha de controle de recebimento de pagamentos e so lanço as informações que entrou no meu caixa que é a que vai ser tributada, não tem nem uma logica eu lança em meu SPED Contribuições o que eu não estou recebendo.

 

Respondendo sua pergunta: Lanço sim no Registro 1900 para mais detalhes, esse detalhamento vai ser obrigatorio a parti de Abril/2013.

 

espero que tenha te ajudado.
Jair disse:

Bom dia,

Uma empresa no Ramo de Atividade Imobilíarias com Incorporação, que se encontra no Regime de Tributação do Lucro Presumido - Regime de Caixa, que possui apenas Receitas proveniente de parcelas recebidas de seus clientes, fruto de venda de unidades imobiliárias.  Minha dúvida é, por ela não emitir documento de receita (que seriam os recibos) pois os valores normalmente entram via depósito em sua conta bancária, se faz a obrigação de informar no Efd Contribuições os Registros F500, F510 e F525 ? Se faz necessário informar o Registro 1900 em Complemento da Escrituração ?

Grato.

Responder à discussão

RSS